♬ KAYLE HIRSCH, freak, dezessete anos.

♯ meet the usual girl

Durante toda a sua infância, Kayle esteve rodeada de familiares e bons amigos que não tinham nada além de amor e boas lições para lhe dar. Esta era a mais nova dos Hirsch, uma família que considerava aquela geração como encerrada, seus filhos e netos beirando a idade adulta eram os mais prováveis pais na a época, mas a garota veio mostrar a todos que nem sempre o que parece, é, em todos os sentidos. 

Assim como Kayle teve grandes amigos em sua infância que permanecem até hoje ao seu lado, a sua mãe teve, era como família. Não havia sequer uma data festiva que Erica não fosse convidada a participar junto dos Hirsch, e pela distância que tinha à sua família, aceitara de bom grado fazer parte daquela por opção. Era com ela que Kayle passava boas horas conversando, rindo, se divertindo, era  diferente de conversar com a sua mãe, ela sabia que podia contar com Erica, compartilhar com ela as suas maiores curiosidades e aventuras sem que fosse reprimida, ao contrário de seus familiares, ela sabia o que era ser jovem, e não gostava de vê-la sendo privada de certas coisas, mesmo que ela permanecesse fazendo às escondidas. A partir dos quatorze anos, Kayle se viu numa nova amizade, completamente diferente daquela compartilhada pelas suas amigas do colégio, onde ela poderia confiar de olhos fechados em suas experiências, em quem podia confiar sobre o que era bom e o que era ruim. Aos quinze anos, ela se viu dividida pelas suas próprias personalidades.

Young and Wild: Kayle tinha medo dos seus próprios sentimentos, desde que eles começaram a aflorar por alguém que ela considerava fora de seu alcance, fora dos padrões da sociedade. Erica era mais velha, era a melhor amiga de sua mãe, mas era alguém por quem ela nutria algo que era maior do que qualquer coisa, e estava disposta a passar por cima de seus medos só para provar a si mesmo que o impossível não existe. Como numa noite qualquer, após o jantar, Erica e Kayle se retiraram da mesa e deram inicio a uma longa conversa, depois de duas semanas sem se ver, eram muitos os assuntos a serem postos em dia. Ela contava o quanto tinha se divertido na última sexta-feira na companhia de seus amigos em uma festa da escola quando se deu conta de que nada daquilo a satisfazia mais. A medida que ia contando as últimas novidades, se perdia em meio aos seus pensamentos, declarar-se ou não, eis a questão. Erica havia se divorciado há seis meses, e desde então, ninguém ouvira sobre o envolvimento dela com alguém, Kayle estava certa de que valeria a pena arriscar, e foi o que fez, depois de muito pensar, deixou que os seus instintos falassem mais alto e beijou-a ali mesmo, dentro de seu quarto. Diferente do que imaginara, Erica não se desvencilhara do beijo. Logo em seguida, veio a confissão de Kayle, ela queria estar mais próxima de Erica, e sem nem pensar duas vezes, ela aceitara o desafio. Era comum Kayle frequentar bares e outros locais mais adultos na companhia de Erica sem ser perturbada, as duas eram vistas como mãe e filha, tia e sobrinha nos lugares onde iam, ninguém desconfiava sobre a realidade por trás daquelas conversas inocentes entre as duas. 

A Taste of Honey: Com exceção de Erica, todos viam Kayle como sempre a viram, uma garota doce, que não via maldade alguma nas coisas que fazia. Os seus amigos a tinham como uma referência, alguém em quem confiar, ela era simplesmente Kayle, simples em seus atos, modesta. Dificilmente há uma família em que um ou alguns membros tenham se desviado um pouco para o lado das bebidas ou das farras, e por ser a mais nova, alguns esperavam que ela pudesse se tornar um pouco mimada demais, saindo com os amigos sem hora para voltar, ficando com uns e com outros, e por mais que isso já tivesse acontecido, ninguém jamais ficara sabendo. Ela não era uma santa, e também não queria ser uma, mas não sentia a necessidade de demonstrar tais extremos. Era uma garota normal. 

O problema de ser uma garota normal era sentir-se atingida por certos comentários maldosos, desde que começara a se envolver com Erica, tinha deixado um pouco de lado os seus amigos na escola, queria gastar o seu tempo ao lado dela, e aos poucos, algumas pessoas foram notando isso. Kayle não queria se deixar abater por estes problemas, e não queria vir a se tornar um fardo para a sua família. Foi preciso coragem, paciência e muita ajuda de alguém experiente como Erica para que fosse decidido o que era melhor para a garota. Kayle tinha apenas dezessete anos, não poderia se privar das coisas boas da vida por alguém que estaria ao seu lado nas sombras. Foi decidido que o melhor para ela era mudar-se para San Diego, onde o seu pai, divorciado há 5 anos de sua mãe, morava com a sua nova esposa. O Sr. Hirsch acolheu a sua filha em sua casa, como deveria ser feito e a Sra. Hirsch acreditou na história de Kayle, que dizia sentir falta de bons momentos com o seu pai, era justo que ela pudesse estar com ele mais tempo.

Faceclaim: Alina K.



10 months ago5 notes
tagged as: #f #fechado #freak
  1. kaylehirsch reblogged this from thejukebox-rp
  2. thejukebox-rp posted this
theme